prematuridade

De volta para o agora!

De volta para o agora!

Você já se pegou preso às expectativas futuras, com medo do que pode acontecer lá na frente? Ou, então, fica pensando no passado, imaginando como poderia ter sido, o que que deveria ter acontecido? Se você respondeu sim a alguma dessas perguntas, leia o que eu tenho para te dizer.