O que mudou em mim com a Maternidade?

Já me perguntaram o que mudei e como mudei depois que meus filhos nasceram... A resposta é quase que automática... TUDO MUDOU!!!

Freud já dizia que os filhos despertam em nós um tanto de narcisismo... mas olha, no meu caso, a maternidade mexeu foi com estrutura inteira... do id ao ego e superego... Me virou do avesso e me colocou diante de reflexões que jamais pensei que seria capaz de ter; sentimentos que jamais pensei ser capaz de sentir.

Confesso que ser mãe de menino teve lá seus desafios... Mas tirei de letra! Era o que eu queria... Mas quando me vi grávida de menina, "tremi nas bases" pois era o que eu mais temia. Tinha lá minhas questões com o meu "feminino" que tive que cuidar... Ser mãe de outra mulher... uauuu! Que responsabilidade!!! 

A questão feminina, o lance "mãe e filha" reavivou meus conflitos mais profundos... E eu consegui desatar nós e cicatrizar feridas que há muito escondia de mim mesma. Minha menina me transformou na mulher que sou hoje!  

Mais forte, mais corajosa (os medos ainda existem e agora são até maiores), mais proativa (faço mil coisas no meu dia), mais bonita (enxergo em mim uma beleza que antes não via), mais sexy (acredite a maternidade sacode a nossa sexualidade e no meu caso, foi para melhor), mais empoderada (tenho minhas convicções de vida, religião, política e etc... respeito todo mundo e hoje respeito a mim mesma)... Mais EU! Percebi que minha maior responsabilidade como mãe é cuidar e ofertar aos meus filhos amor, proteção, carinho, respeito, etc para que assim eles consigam ser o que realmente quiserem ser e vivenciem a mesma felicidade que hoje tenho ao olhar para minha vida e escolhas e saber que cada passo dado foi um aprendizado e mesmo com acertos e erros, a lição aprendida valeu a pena.

Quero deixar uma herança para meus filhos. Uma lição que não veio no chá-de-bebê ou nos pacotes de fraldas. A MATERNIDADE apresenta dores e traz marcas que os risos dos filhos preenchem com tamanha beleza fazendo uma obra única no ser de cada mulher, ensinado-as dia após dia a Arte de Viver e Ser Mãe!